Pelo menos você tentou

O poeta Marcus Vinícius chegou perto de mim e sussurrou com atenção: “cuidado com as sombras em demasia que rodeiam a tua cabeça”. De imediato, pensei, eu tenho o controle sobre elas e nunca as deixarei me dominar. O que ele se esqueceu de me ensinar foi sobre as diferenças existentes na sua poesia e... Continuar Lendo →

Anúncios

Querendo ou não: aventuras noutras terras

Minha estreia em Aracaju aconteceu, oficialmente, no último domingo (19.03). Ainda sem conhecer a cidade, sem amigos e familiares, mas com muita vontade de realizar aquilo que almejei há alguns anos atrás: fazer mestrado. É realmente muito louco viver aquilo que você visionou por muito tempo. Demora um tempo pra ficha cair e, quando ela... Continuar Lendo →

Um último enlace

Esse não é um texto sobre as lições de vida que o ano de 2017 deixou para nós. Não. Deixa essas questões nos livros clássicos como “O caçador de pipas”. Personagens como o Amir agha não verdadeiros aprendizados, não tenho dúvida, mas gostaria de me distanciar desses temas românticos e entrar nos aspectos mais concretos... Continuar Lendo →

Uma única brevidade

Sentei na sacada aqui do alto para entender todos esses processos que vêm acontecendo na vida. Não sei, mas esse ventinho nos cabelos quase secos, a solidão gostosa de uma tarde meio fria e o café quase pronto lá no fogão, me dão a serenidade que necessito hoje. Tenho procurado, todos os dias, novas formas... Continuar Lendo →

O que você não pode levar

E você verá que fazer escolhas certas não significa estar preparada para viver essa dor no momento. Quem esteve por perto sentiu e viu que até a mais profunda verdade entre duas pessoas, acaba. Meio que atinge todos que acompanharam o processo. Acaba agora, amanhã talvez comece tudo de novo. Talvez. Iremos utilizar essa palavra... Continuar Lendo →

Despedida

Tudo parou de funcionar quando você foi embora três horas da madrugada. Não foi só a presença física, mas um pouco do que eu sentia foi sumindo junto com o movimento daquele carro. Para intensificar ainda mais tragédia a esse arrebatamento quase literário (ao menos pra mim), deixei ser engolida aos poucos pela chuva e... Continuar Lendo →

Ao redor da arte

Acordar às 3h45 da madrugada e ficar pensando exatamente nesse texto. Talvez esse horário de insônia meio inconveniente para os que acordam cedo sirva pra isso também: trazer lembranças e reforçar sonhos ou vontades que não foram realizados, mas nem por isso eu deixei de amá-las, querê-las e guardá-las em meus pensamentos. Ao redor da... Continuar Lendo →

Nosso curso de Comunicação Social

Um sonho. Foi isso que me moveu em 2011, enquanto finalizava o ensino médio, para fazer a prova do Enem e conseguir uma vaga no curso de jornalismo na tão desejada Universidade Federal de Alagoas. Consegui e foi uma grande festa dentro de mim, dentro dos meus desejos, vontades, noites em claro e muito estudo.... Continuar Lendo →

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑