Pelo menos você tentou

O poeta Marcus Vinícius chegou perto de mim e sussurrou com atenção: “cuidado com as sombras em demasia que rodeiam a tua cabeça”. De imediato, pensei, eu tenho o controle sobre elas e nunca as deixarei me dominar. O que ele se esqueceu de me ensinar foi sobre as diferenças existentes na sua poesia e... Continuar Lendo →

Anúncios

Querendo ou não: aventuras noutras terras

Minha estreia em Aracaju aconteceu, oficialmente, no último domingo (19.03). Ainda sem conhecer a cidade, sem amigos e familiares, mas com muita vontade de realizar aquilo que almejei há alguns anos atrás: fazer mestrado. É realmente muito louco viver aquilo que você visionou por muito tempo. Demora um tempo pra ficha cair e, quando ela... Continuar Lendo →

Um último enlace

Esse não é um texto sobre as lições de vida que o ano de 2017 deixou para nós. Não. Deixa essas questões nos livros clássicos como “O caçador de pipas”. Personagens como o Amir agha não verdadeiros aprendizados, não tenho dúvida, mas gostaria de me distanciar desses temas românticos e entrar nos aspectos mais concretos... Continuar Lendo →

Uma única brevidade

Sentei na sacada aqui do alto para entender todos esses processos que vêm acontecendo na vida. Não sei, mas esse ventinho nos cabelos quase secos, a solidão gostosa de uma tarde meio fria e o café quase pronto lá no fogão, me dão a serenidade que necessito hoje. Tenho procurado, todos os dias, novas formas... Continuar Lendo →

Se for o caso, esqueça

O mundo ganhou um peso maior, não é? O que já havia sido desgastado, aos poucos, também Do sofá, dos museus, das praças Ressignificados pela ausência Das conversas, ironias e aceitações Quando machuca é hora de parar, avaliar Se distanciar dos fatos para entendê-los em sua plenitude Semanas, meses, um punhado de anos depois Você... Continuar Lendo →

O que você não pode levar

E você verá que fazer escolhas certas não significa estar preparada para viver essa dor no momento. Quem esteve por perto sentiu e viu que até a mais profunda verdade entre duas pessoas, acaba. Meio que atinge todos que acompanharam o processo. Acaba agora, amanhã talvez comece tudo de novo. Talvez. Iremos utilizar essa palavra... Continuar Lendo →

Despedida

Tudo parou de funcionar quando você foi embora três horas da madrugada. Não foi só a presença física, mas um pouco do que eu sentia foi sumindo junto com o movimento daquele carro. Para intensificar ainda mais tragédia a esse arrebatamento quase literário (ao menos pra mim), deixei ser engolida aos poucos pela chuva e... Continuar Lendo →

palavras caóticas que significam tudo

em particular, em particular lhe digo: você é linda demais a.p.r.e.s.s.a.d.a.m.e.n.t.e corro para tuas investidas porém não nego meu desejo de, às vezes, recuar duas rodas afobadas demais colidem num poste: uma vítima fatal e a outra sobrevive aos ferimentos mas você sabe, nós sabemos: meio termo não condiz talvez você não suporte, um dia,... Continuar Lendo →

compressa

minha mãe vive dizendo pra que eu tenha paciência sinônimo de pacatez, calma, equilíbrio nem comecei e já quero revogar a missão na verdade, eu sempre tive pressa sinônimo de afoiteza, sede, voracidade eu não quero saber ou entender porquê (será que está certo?) que o artigo tem função de palavra se nem o que penso... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑